CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

domingo, 18 de abril de 2010

Minha cilada.

Eu entrei numa emboscada! Eu já nem sei mais o que pensar, o que fazer, como agir, eu já nem sei mais se consigo proceder, se tenho forças, se posso, se consigo, se devo seguir em frente. Eu acordo e lembro, o dia passa e eu lembro, antes de dormir eu lembro, não há nenhuma distração que me faça esquecer, um só minuto, um só segundo, é sempre assim, e quanto mais eu lembro, menos penso, minha cabeça se conturba cada vez mais, e um bilhão de pontos de interrogações dançam em meu cérebro. Tudo isso acontece e só me leva a um lugar (no caso, uma pessoa), e onde eu deveria encontrar minhas respostas é exatamente onde eu me perco, sempre, e cada vez mais profundamente. Eu quero me livrar desse sentimento, dessa ânsia, dessa angústia, eu quero poder sorrir de verdade, e encontrar o brilho dos meus olhos que eu não encontro há muito tempo, mas eu estou tão dependente, preciso tanto daquela motivação, preciso tanto, tanto mesmo... Eu entrei numa emboscada, uma cilada demonidada amor, e eu já não sei se posso afirmar que amar é algo bom, pois eu amo, logo sofro.

3 comentários:

Fotolog Algemadas disse...

esta pode ser a maior cilada da vida né

gostie do seu blog querida


bjs linda

Faaaaay disse...

seeee pá estamos na mesma 'cilada' rs

maarques disse...

o mais lindo de todos *-*
concerteza essa pode ser
a maior cilada das nossas vidas ;

perfeito todos os textos *0*