CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

domingo, 23 de maio de 2010

Fadas madrinhas NÃO existem.

Sempre me perguntavam o que eu pediria se uma fada madrinha me desse um desejo a ser realizado, e eu sempre respondi coisas materiais, como dinheiro, carro, mas hoje, parei e pensei, hoje tenho 18 anos, e me sinto velha, não pela idade em si, mas porque parece que eu não vivi, parece que passei minha adolescência agindo como se eu fosse criança, e agora que vou viver no "mundo dos adultos" onde tudo é sua responsabilidade, não poderei agir como uma adolescente. Se existisse mesmo uma fada madrinha, se eu pudesse mesmo pedir qualquer coisa pra que ela realizasse pra mim, eu pediria uma volta no tempo, voltaria aos meus 13 anos, e corrigiria tudo que fiz de errado, talvez mudasse o futuro drasticamente, ou não. Mas se tudo desse errado hoje, eu teria a consciência de que fiz tudo que deveria ter feito.
Sempre achei que "prefiro me arrepender do que fiz ao invés do que não fiz" fosse só mais uma frase clichê, mas, de fato, isso faz sentido. Perdi tanta coisa na minha vida porque tive vergonha, medo de que as coisas dessem errado, hoje sinto que passei momentos tão inúteis, onde a oportunidade de ter o que eu quero estava na minha frente, e deixei passar, se eu prestasse mais atenção nesses detalhes, hoje eu teria o que tanto luto pra ter, mas teria JÁ. Isso que luto pra ter eu luto HOJE pra vir até mim daqui há sei lá quanto tempo, é, eu podia ter me importado com essas coisas antes. Não vou dizer que é tarde, porque não é, mas agora vou ter que enfrentar problemas MUITO MAIORES, os quais eu poderia ter evitado, mas eu os enfrentarei, e sei que vou chegar até os meus objetivos, sempre com meus pés no chão, procurando desta vez não perder oportunidades, agarrar tudo com muita força, cada brecha, aproveitar cada segundo, cada abraço, cada sorriso, cada bronca, cada expectativa, frio na barriga, enfim, a fada madrinha não existe, meus desejos, eu mesma terei de realizá-los, agora eu vou viver.

1 comentários:

Gracielle Martim disse...

pelo menos você acordou antes que fosse tarde demais. Tem gente que ainda está sonhando.