CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Rosas vermelhas.

Meu irmão estava com Aplasia de Medula Óssea, e como não conseguiu um doador, passou pelo tratamento a medicação, injetada numa veia do pescoço por cinco dias seguidos. Várias enfermeiras entravam no quarto onde meu irmão estava, e fazia a troca das medicações, elas passavam por lá diariamente, e chegaram a se apegar a ele. Claro, meu irmão era uma criança adorável, qualquer pessoa se encantaria com ele. Minha mãe cuidou de anotar os nomes de todas as enfermeiras que passavam por lá, na cabeça dela, assim que meu irmão recebesse alta, ela agradeceria uma por uma, e mesmo não dizendo isso pra ele, ele teve uma idéia.


- Mãe, quero dar um presente pra elas.

- Ah é? O quê?

- Quando eu sair daqui, vou comprar rosas pra elas.

- Humm... De que cor?

- Vermelhas!


Meu irmão era fã do Homem Aranha, e as cores azuis e vermelhas eram as preferidas dele. Infelizmente, essa foi mais uma vontade dele que não se concretizou. Mas faremos isso por ele, minha mãe se encarregou de comprar rosas vermelhas e entregaremos às enfermeiras semana que vem, pelo Rodrigo. Era isso que ele queria, será que isso que faremos.



Meu irmão no hospital alguns dias depois do tratamento pra cura da Aplasia. Ele estava com uma aparência ótima. É lamentável saber que ele teve uma recaída e que eu jamais verei esse sorriso pra mim... Ai Rodrigo... Você vai fazer uma falta tremenda... =s Eu te amo, muito!

1 comentários:

Bruuubz disse...

O Rodrigo é e sempre será uma criança adoravel =)